Aniversário

Com certeza não me lembro do meu primeiro aniversário. Nem com foto me lembraria. Meus pais lembram com orgulho de cada pedaço dele. Eu não.

Lembro de muitos aniversários da minha vida.

Lembro daquele que me marcou mais, quando completei 30 anos. Lembro-me como se fosse hoje que na semana anterior a ele eu estava triste, quase depressivo. A razão era simples: na minha cabeça trinta anos seria a metade de uma vida e eu não tinha feito metade das coisas. Aparentemente a minha teoria seria válida se eu fosse morrer com sessenta, como meu pai. Acontece que hoje as pessoas morrem com oitenta, noventa. Isso torna o meu próximo aniversário, agora sim, a metade de tudo. E acredito que sim, fiz metade das coisas.

Portanto meu próximo aniversário será mais tranquilo e menos depressivo.

O aniversário que me lembro com tranquilidade também foi o meu de vinte e um anos de idade. Eu terminava a faculdade e o Senna morria no dia seguinte. Lembro-me de ter tentado não chorar com aquele momento.

Assim como vários aniversários esse de agora tem toda uma simbologia. Há exatamente um ano atrás decidi percorrer um dos caminhos mais intrigantes para um jovem: abrir sua própria empresa.

Em primeiro lugar escolhi a saúde. Porque a saúde?

Porque tenho amigos nesse setor, porque sou filho de médico, porque amo saúde, porque ela traz paz ao coração no fim do dia, porquês não faltam para que ao final do pensar, decidir ficou fácil.

A segunda parte era difícil: onde conseguir dinheiro para abrir?

Fui atrás de dinheiro com amigos. Amigos esses que hoje são meus sócios, conselheiros, ouvintes, seguidores, perseguidos por mim, enfim, partilham do sonho comigo.

A terceira parte foi mais difícil ainda: conseguir pessoas que me seguissem. Consegui e hoje tenho um time de vencedores, de sonhadores, de amigos e lindas pessoas, que assim como eu, são apaixonadas pela saúde.

Depois de tudo isso escolher os produtos, o público alvo, os preços, o planejamento, o orçamento, as aquisições, a sede, o nome, o logo, a cara, a mensagem, ufa, tanta coisa acontece quando se toma banhos longos e fica até de madrugada pensando.

Amigos de fora participaram, família participou e hoje consigo olhar para esses 365 dias e pensar que valeu a pena tudo aquilo. Que lutar a cada dia vale a pena, desde que a causa seja nobre.

Penso naqueles que criticaram e agradeço cada palavra. Penso nos que abençoaram e agradeço ainda mais. Penso nos dias que algo deu errado e a solidão batia na porta e de repente você está rodeado de pessoas consolando, apoiando. Penso em tudo isso e chego a uma única conclusão: é disso que é feita e vida. De lindos aniversários que celebram e nos fazem analisar o todo, o tempo e a vida.

O aniversário de um ano da Healthers é de meus pais, irmãos, amigos, colegas, sócios, clientes, não clientes, concorrentes, fornecedores, parceiros, torcedores, não torcedores, enfim, é de todos que estão aqui.

O sonho de crescer está aqui agora, e com ele o sonho dos apaixonados como eu, apaixonados pela vida, apaixonados por sonhos, apaixonados pela saúde.

Alberto Leite é CEO da Healthers

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Depoimentos  |  Informação: Não há itens criados, adicione alguns, por favor.